terça-feira, 31 de janeiro de 2017

PAMPILHOSA DA SERRA

Viajar de mota!

Em Portugal existe uma grande paixão pelas motas. Normalmente o que vem à cabeça quando se fala de motas é a adrenalina que estas proporcionam a quem as conduz.

Muito podemos dizer sobre a utilização destes veículos. Mas viajar de mota é sem dúvida uma sensação de liberdade. Andar fora das auto-estradas, ir parando por onde nos apetece, abrir a viseira do capacete e sentir ar quente ou frio ou até as pingas da chuva

Fazer estradas com curvas, dá um gozo enorme!

Ao passear de mota não se pode levar muita coisa, o que torna esta forma de viajar, mais interessante ainda. É um desafio a sermos práticos e largar certas comodidades, que por vezes nos habituamos, e que na realidade até são dispensáveis.

As motas são um assunto que tenho por hábito, ir escrevendo, e muitas histórias e aventuras estas proporcionam. Como tal hoje apenas fica um cheirinho, desta forma de estar na vida...

Como se diz?..."Live to Ride" ou "Ride to Live"






2 comentários:

  1. Viajar de mota, é para os amantes desta! É com certeza uma forma de viajar única e natuaralmente há que ser muito prático. No entanto, hoje em dia, tudo se inventa para proporcionar a melhor experiência a quem gosta deste tipo de aventuras. Eu confesso que gosto muito de passear de mota... mas de preferência com um tempo bem agradável e com a indumentária adequada ehehehe! Coisas de miúdas!

    ResponderEliminar

  2. ...Motas, não me entusiasmam, não! Mas acredito que quem gosta, se sinta alegremente viajando com aquela liberdade que só a brisa do vento, da maresia do mar, do cheirinho da natureza lhe poderá proporcionar. E claro, aquela adrenalina que lhe vai na alma...

    ResponderEliminar